• Diego Schmitz

Como anular um leilão de imóvel promovido pelo Banco?


Tomou conhecimento de que seu imóvel vai à leilão? Preparamos esse conteúdo informativo na forma de perguntas e respostas que vai te ajudar a resolver esse problema! Role a tela para baixo e saiba agora como ANULAR o leilão promovido pelo Banco.


Identificando o problema:


O responsável pelo financiamento bancário que recebeu alguma intimação informando que seu imóvel será leiloado deverá procurar de imediato um advogado para que seja feita uma análise minuciosa do procedimento e adoção das defesas cabíveis.


o procedimento de leilão deve seguir certas exigências, não devendo o proprietário ignorar qualquer intimação recebida pelo Banco, já que dependendo do caso senão adotar qualquer medida nos prazos informados poderá perder de vez o imóvel e todo valor investido no financiamento.


Nosso escritório possui amplo conhecimento na área de leilões de imóveis e soluções jurídicas envolvendo conflitos de imóveis auxiliando o devedor nessa fase de extrema urgência.


O que fazer para impedir o leilão do imóvel?


Imprevistos podem acontecer na vida de qualquer pessoa. Se você possui imóvel financiamento e não está pagando as parcelas do contrato saiba que certamente seu imóvel será levado a leilão. A notícia boa é que você pode e deve adotar as medidas cabíveis para se defender do leilão. Em muitos casos o leilão de um imóvel pode ser anulado por conta de falhas cometidas pelo Banco no procedimento. A não intimação do devedor para quitar as parcelas em atraso, cientificá-lo sobre as datas dos leilões ou erros de avalição são exemplos de omissões que podem suscitar a anulação do leilão.

Como acontece a anulação um leilão?

Saiba que todas as irregularidades citadas acima são argumentos consistentes para que um leilão seja anulado. Como o procedimento de leilão é feito de forma extrajudicial pelo Banco, ou seja, sem processo judicial, somente o trabalho de um advogado especializado, que tenha a expertise necessária para impetrar as medidas cabíveis, podem anular o leilão acionando o Poder Judiciário para que um juiz analise o caso com urgência e deferia o cancelamento.


É comum a existência de erros no procedimento, o que pode ocasionar o cancelamento do leilão e os seus efeitos, mantendo o devedor na posse do imóvel


Atenção: O tempo é fator crucial nestes casos. Jamais deixe passar as datas dos leilões para procurar ajudar especializa. Após a compra do imóvel por terceiros em leilão as chances de reverter a situação são remotas.


Quantas parcelas pode atrasar?


Não paga uma única parcela do financiamento na data do vencimento o banco já poderia notificar o devedor para depois promover o leilão do imóvel. Em alguns casos por tolerância o Banco aguarda um tempo maior. No seu contrato também fixará o prazo de tolerância, alguns contratos preveem 3 meses.


O que acontece depois do leilão?


Não quitado o débito no prazo de 15 dias a contar da primeira intimação, o próprio Registro de Imóveis irá certificar essa situação, promovendo uma averbação, na matrícula do imóvel, ocasião em que o bem retornará ao Banco. A partir desse momento o Banco promoverá o primeiro e segundo leilão. Independente disso, o devedor deve se defender por meio de advogado apontando as ilegalidades do procedimento e buscar a anulação do leilão.

Todas as defesas disponíveis devem ser adotadas até a data da realização do segundo leilão, após isso, arrematado (compra) o imóvel por terceiros não será mais possível reaver o imóvel.


Atenção, as datas dos leilões devem ser comunicadas ao proprietário!


Como saber se o imóvel vai a leilão?


O proprietário deve ter atenção redobrada com qualquer intimação que receber envolvendo o imóvel. O leilão envolvendo Bancos ocorre de forma rápida e extrajudicialmente, ou seja, sem demandar um processo judicial. Ao consultar a matrícula atualizada do seu imóvel no Registro de Imóveis pode haver alguma informação do procedimento.


Conhece alguém nessa situação? Compartilhe esse conteúdo com alguém que precisa saber disso nas redes sociais e deixe seu comentário abaixo. Nosso escritório possui amplo conhecimento na área de leilões de imóveis e soluções jurídicas envolvendo conflitos de imóveis. Seja qual for sua necessidade, consulte-nos. Através do relato de seu caso, preenchendo o formulário ou pelo WhatsApp retornaremos seu contato.




 

Por Diego Schmitz. Advogado inscrito na OAB/SC nº 47.266. Especialista em Direito e Negócios Imobiliários pela faculdade Cesusc. Atuante no direito civil, com ênfase no mercado imobiliário e bancário.


251 visualizações0 comentário
Contate-nos

Obrigado pelo envio!