• Diego Schmitz

Como funciona o golpe da compra do carro?

Atualizado: 25 de mai. de 2021


ATENÇÃO // Frequentemente pessoas são vítimas de golpes praticados por estelionatários na internet que se valendo de anúncios falsos lesam inúmeros grupos de pessoas interessadas na compra e venda de veículos. Confira alguns cuidados básicos na compra e venda de veículos.



O golpe da vez, muito bem articulado, é praticado por meio de sites de vendas, como “OLX”, “Mercado Livre” ou “marketplace” do Facebook, onde os criminosos usam a seguinte estratagema para enganar a vítima:


1. Uma pessoa interessada em vender seu veículo o anuncia em um site de vendas.

2. O golpista copia o anúncio do vendedor verdadeiro, fazendo um novo anúncio falso com valores mais baixos.

3. Alguém se interesse no anúncio e entra em contato com o golpista, o qual diz que o veículo não está com ele, mas sim com terceira pessoa (a que fez o anúncio verdadeiro). Ai começa a enganação. O golpista irá inventar alguma estória de que o veículo está com terceira pessoa, dizendo que essa pessoa está lhe entregando o veículo para pagar alguma dívida, por exemplo.

4. O golpista promove o encontro entre o dono do veículo (anunciante verdadeiro) e o interessado na compra, porém orienta ambas as partes a não dizerem nada sobre os valores a serem pagos. Ao anunciante verdadeiro diz que usará o veículo para pagar uma dívida com a pessoa que irá ver o veículo. Ao interessado na compra, diz que a pessoa que está com o veículo possui uma dívida com o golpista, sendo que entregará o veículo para quitá-la.

5. Após o encontro, o golpista voltava a entrar em contato com o interessado e começava a negociar os valores do veículo, como se fosse o verdadeiro dono do carro. Por fim, dava uma conta bancária para receber o dinheiro.

6. O comprador entrega o dinheiro e o golpista some.


Inúmeras outras artimanhas são empregadas pelos criminosos, de modo que o vendedor verdadeiro e o comprador interessado têm a falsa percepção de veracidade da negociação e acabam fazendo pagamentos indevidos a terceiros, bem como fornecendo documentos pessoais e do veículo ao golpista que os utiliza indevidamente para enganar a vítima.


Cuidados


1. Certifique-se que o vendedor anunciante é realmente o proprietário do veículo mediante conferência do recibo de compra e venda do automóvel. Este deve estar em nome do vendedor. Faça a conferência pessoalmente dos documentos do vendedor, e não apenas de fotos envidas pela internet;

2. Confira o perfil do anúncio na rede social, muitos golpista se utilizam de perfis recém criados, com pouca utilização. Desconfie deste tipo de perfil.

3. Não faça em hipótese alguma transferência ou depósitos para conta de terceiros. Esta é a principal precaução, pois o golpista lhe enviará uma conta de terceiro que não tem relação alguma com a negociação. Se possível faça transferência dentro da agencia bancária na presença do proprietário do veículo.

4. Busque auxílio de um profissional habilitado para analisar a negociação e firmar o contrato correspondente. Não faça negociações e pagamentos sem firmar contrato, isso é básico em qualquer negociação de valor e evitaria grande parte das fraudes.

5. Peque pelo excesso, mas nunca pela falta de cuidados.


Dê valor ao seu patrimônio.



60 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
Contate-nos

Obrigado pelo envio!